Osasco realiza o 1º Giro Cultural no CEU das Artes Bonança

A Secretaria de Cultura (Secult) da Prefeitura de Osasco, por meio do Instituto Morgan de Educação, Saúde e Esporte, administrador dos dois Centros de Artes e Esportes Unificado de Osasco (CEU das Artes), realizou o 1º Giro Cultural pós-pandemia no CEU Yolanda Aparecida Ribeiro, no Jardim Bonança, zona Norte.

O evento foi marcado por diversas atividades recreativas e esportivas, como vôlei, capoeira, futebol, dança urbana, disputa de manobras de skate, apresentação dos grupos de violões, canto coral e orquestra, entre outras.

Toda a ação foi transmitida ao vivo na TV CEU (comunitária), criada pelo instituto em 2020, durante o período de isolamento social, com canal no Youtube, para dar continuidade às aulas programadas. Com o retorno das atividades presenciais, a partir de 8/10, o Giro Cultural passará a integrar a programação da TV CEU.

O evento contou com a participação dos secretários Cláudio da Locadora (Cultura), Paulinho Samba de Rua (adjunto Cultura), Gerson Pessoa (Desenvolvimento Econômico e Inovação), Éder Máximo (Planejamento e Gestão), Jorge Poio (Chefe de Gabinete), a gestora dos CEUS das Artes e diretora do Instituto Morgan, Beth Parro, Gustavo Pompiani, coordenador de Audiovisual do CEUs das Artes, Alailton Assumpção, maestro da Orquestra dos CEUs, Samuel Santos, regente, Tom Anaya, ator, roteirista e responsável pela TV CEU, os professores Vitor Santos (dança urbana) e Celsão (grupo de capoeira Zumbá), equipes do Instituto Morgan, munícipes, alunos dos projetos, entre outros.

Elisete Maria de Souza, moradora do Três Montanhas, começou a frequentar as aulas de música e violão há um mês no CEU Bonança. Ela conta que compôs seis louvores, mas sentia necessidade de aprender a tocar um instrumento para poder cantar e tocar na igreja e para moradores em situação de rua, como voluntária. “Sinto que é um chamado, minha missão. Temos que ser instrumentos de amor para com o próximo”, disse.

Esdras G. Santos é moradora do Bonança e faz artesanato há um ano. Ela aprendeu a técnica do fuxico, que é um reaproveitamento de retalhos de tecido, e desde que iniciou a prática já fez vários tipos de objetos. “O CEU significa liberdade, é um espaço que agrega compreensão, aprendizagem, amizade, entre outros benefícios. Tem atividade para todas as idades, ou seja, é muito bom”, avalia.

A professora Marilene Fonseca, que há quatro anos ensina artesanato, confecção de figurinos, adereços e cenografia no CEU Bonança, explica que é gratificante ver as alunas aprenderem uma capacitação que, além de melhorar a autoestima, ajuda a gerar renda.

Serviço

CEU das Artes Yolanda Aparecida Avelino Ribeiro

Rua Antonio Jacinto Rangon, 45 – Jardim Bonança

Telefone: (11) 3556-1941

Funcionamento: das 8h às 21h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *