Vereadores pretendem criar Frente de Tecnologia e Inovação em Osasco

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Osasco se reuniu na manhã desta terça-feira (5) para debater a criação da Frente Parlamentar de Inovação e Tecnologia, além do andamento de outros projetos.

Participaram das discussões o presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), o vice-presidente, vereador Josias da Juco (PSD), o 1º secretário, vereador Rogério Santos (PL), a 2ª secretária, vereadora Cristiane Celegato (Republicanos), o 3º secretário, vereador Carmônio Bastos (Podemos) e o 4º secretário, vereador Julião (PSB).

A ideia dos vereadores é criar uma frente para acompanhar a chegada das novas empresas da área de tecnologia e serviços que usam a inovação como ferramenta de facilitação na prestação de serviços. O objetivo é também acompanhar aquelas que já estão funcionando na cidade, como iFood, Mercado Livre, Rappi e 99.

Segundo o presidente Ribamar Silva, o objetivo é compreender o processo de instalação desse tipo de empresa e, junto com o Poder Executivo, orientá-las para que os serviços prestados também beneficiem a população local, com a absorção de mão de obra dos munícipes.

“Osasco está se transformando em um grande polo de logística e serviços tecnológicos. Por isso, é importante que essas empresas possam conhecer os recursos do município, no que diz respeito à formação de mão de obra especializada, e oferecer chances aos profissionais que moram aqui”, diz Ribamar Silva.

Além disso, Ribamar destaca que a atual gestão trabalha para que Osasco se transforme no maior polo tecnológico e de inovação do Brasil. Portanto, “é fundamental que os parlamentares possam acompanhar de perto todos os processos que envolvem a implantação dessas novas empresas na cidade”, ressalta.

Recentemente, o presidente da Câmara esteve em Recife com o prefeito Rogério Lins (Podemos) o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Gérson Pessoa, e o vereador Carmônio Bastos para conhecer o Porto Digital – um dos principais parques tecnológicos do Brasil, que possui 349 empresas e emprega mais de 13 mil trabalhadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *