Osasco inicia vacinação contra a influenza

Osasco iniciou na segunda-feira, 12/4, em todas as Unidades Básicas de Saúde, a vacinação contra a influenza (gripe), que de acordo com o calendário do Ministério da Saúde seguirá até 9 de julho. O cronograma foi dividido em três grupos, sendo que o primeiro será de trabalhadores da Saúde, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças com idade a partir de 6 meses até cinco anos completos.

Para evitar aglomeração e proteger a população de forma adequada, Osasco seguirá o seguinte cronograma de aplicação para a primeira etapa:

Trabalhadores da Saúde:

– Com 50 anos ou mais: 12/04/21

– Com 45 anos ou mais: 14/04/21

– Com 40 anos ou mais: 19/04/21

– Com 30 anos ou mais: 21/04/21

– Com 29 anos ou menos: 23/04/21

Crianças menores de 2 anos: 26/04/2021

Munícipes que fazem parte do primeiro grupo e que não estão contemplados no calendário acima, como gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças entre dois e cinco anos, devem ficar atentos aos canais oficiais da Prefeitura, pois a vacinação será ampliada gradativamente pela Secretaria Municipal de Saúde.

Para receber a vacina da gripe não há necessidade de agendamento. Basta o munícipe procurar a UBS mais próxima de sua residência com documentos pessoais e a carteira de vacinação.

Definição de trabalhadores da área da Saúde para a vacinação contra a influenza

Trabalhadores da Saúde (públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade) são aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. A categoria compreende médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares e também trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros. Ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas.

Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

No momento da vacinação os trabalhadores da saúde devem apresentar documento que comprove atividade profissional (Conselho de Classe, Carteira de Trabalho, Declaração ou afins).

Outros grupos

Na segunda etapa, que será iniciada dia 11/05, serão vacinados idosos de 60 a 64 anos, 65 a 69 anos, 70 a 74 anos, 75 a 79 anos, 80 anos ou mais e professores. Na terceira etapa, que será iniciada dia 09/06, serão vacinadas pessoas com comorbidades, população privada de liberdades e adolescentes em medidas socioeducativas,     forças arma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *