Desemprego no Brasil atinge recorde em 2020 e afeta especialmente os jovens. ONG oferece cursos gratuitos

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da COVID-19 e pelo alto número de desempregados no país. Segundo dados da PNAD Contínua publicados hoje pelo IBGE, 20 estados brasileiros registram recorde da taxa de desemprego no ano passado, especialmente entre jovens de 18 a 24 anos, o que corresponde a 29,8%, seis pontos acima comparado a 2019. As taxas de desemprego alcançaram o maior índice desde 2012.

A falta de experiência dos jovens é o maior agravante, impossibilitando uma colocação profissional. “Este sempre foi o grande entrave e é por isso que olhamos exatamente para esse público. Nosso maior objetivo é capacitar e promover oportunidades de colocação profissional. Mais do que nunca a juventude precisa estar preparada para conquistar as oportunidades no mercado de trabalho”, explica Wandreza Bayona, diretora executiva do Instituto Ser +.

O Instituto, que atua há 13 anos desenvolvendo e potencializando os jovens em vulnerabilidade social, adaptou o formato de atendimento e desde o início da pandemia da COVID-19, transformou os cursos presenciais em virtuais.

Andressa Santos Monteiro, de 17 anos, residente de Itaquera (Zona Leste de São Paulo), foi recentemente contratada como jovem aprendiz em uma empresa internacional de tecnologia e conta que a capacitação pelo curso do Ser + foi fundamental para a colocação profissional “Eu só consegui a vaga por conta dessa capacitação. No curso eu aprendi conteúdos totalmente novos para mim, que me abriram um leque de oportunidades”, conta a jovem, que acabou gostando na área da tecnologia e pretende continuar.

Com atuação em São Paulo capital, Barueri, Cotia, São Bernardo do Campo, Campinas, Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), o Ser+ capacitou cerca de 4.400 jovens em 2020 e mais de 14.800 ao longo dos anos de atuação.

Sobre o Instituto Ser +

O Instituto Ser + é uma organização sem fins lucrativos que desde 2014 tem como propósito desenvolver o potencial de jovens entre 15 e 24 anos em situação  de vulnerabilidade social. Contribui com a formação integral e o desenvolvimento pessoal, social e profissional dos jovens, para que possam ser protagonistas de suas trajetórias. Com metodologia própria e avalizada pela Fundação Banco do Brasil, o Ser + é um certificador do Ministério do Trabalho para a Lei de Aprendizagem e está entre as 100 Melhores ONGs do Brasil. Mais de 14.800 jovens já foram capacitados pelo Instituto e 75% desses ingressaram no mercado de trabalho. O Ser + desenvolve, ainda, consultorias e programas de capacitação customizados, que podem explorar o contexto de Diversidade de forma plural no ambiente corporativo. Tem como presidente a empresária Sofia Esteves, do Grupo Cia de Talentos, engajada no propósito de devolver à sociedade tudo o que aprendeu e conquistou trabalhando por mais de 30 anos com o público jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *