PS Santo Antônio passa a ser administrado por Organização Social

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, fez visita surpresa na terça-feira, 17/11, ao Pronto-Socorro do Jardim Santo Antônio para saber como está o atendimento na unidade, que desde o dia 23 de outubro é administrada pela Organização Social Santa Casa de Misericórdia de São Bernardo do Campo.

A unidade foi amplamente reformada no início do ano e, entre abril e o início de outubro, foi transformada em Centro de Terapia Intensiva (CTI) para atender apenas casos moderados e graves de Covid-19.

As visitas do prefeito às unidades de saúde da cidade são praxe desde o início de sua gestão. O objetivo é fazer com que o funcionamento nas unidades da rede municipal seja cada vez mais eficiente.

Na passagem pelo PS, Rogério Lins conversou com pacientes, médicos, enfermeiros e vistoriou as alas de atendimento, medicação, internação e raio x. A unidade recebe atualmente cerca de 350 pacientes por dia. Do total, entre 15% e 20% são atendimentos em pediatria.

Vânia Pires dos Santos Rezende esteve no local para visitar a mãe, Ana-lu do Prado Santos, 77, que encontra-se internada com quadro de infecção pulmonar e anemia.

Para ela, com a reforma houve melhora significativa nas instalações e também no atendimento. “Melhorou muito em relação ao que já foi no passado, tanto em termos de infraestrutura como em atendimento. Não tenho do que me queixar”.

Segundo ela, exames descartaram que a mãe esteja com covid-19. “Ela já teve e estava recuperada. Na época, também foi muito bem atendida na rede do município”.

A dona de casa Vanessa Marciano Milani, moradora do Jaguaribe, aguardava atendimento na recepção e também gostou das melhorias. “O atendimento está mais ágil. Gostei também da reforma do ‘postinho’ (Unidade Básica de Saúde Carolina Maria de Jesus) do meu bairro. Estava precisando”. A Prefeitura reformou no ano passado nove UBSs em parceria com a iniciativa privada e entregou outras quatro.

De acordo com o diretor-administrativo do PS Santo Antônio, Milton César de Oliveira, a organização social conta com 103 profissionais prestando serviços à unidade, entre equipe de assistência (técnicos e enfermeiros), 14 médicos (clínicos, pediatras, emergencistas e diaristas, que se revezam em turnos de 12 horas) e pessoal de recepção, administração e Recursos Humanos, além de terceirizados em áreas de limpeza, portaria, segurança, raio x e serviços laboratoriais.

PS Santo Antônio

Na reforma da unidade, que tem atendimento 24h em clínica-geral e pediatria, houve a troca de pisos, portas e janelas, revisão elétrica e hidráulica, readequação de ambientes e nova pintura.  

A revitalização contemplou áreas de coleta de exames, salas de internação e medicação, banheiros, enfermaria, administração, higienização, almoxarifado, sala de medicamentos, recepção e áreas externas.

A unidade conta com 26 leitos, sendo 10 de internação (adulto), seis de pediatria, seis de observação e quatro de emergência.

Como Centro de Terapia Intensiva para os casos de coronavírus, o PS do Santo Antônio atendeu mais de 500 pacientes com quadros moderados e graves da Covid-19

Deixe uma resposta