Instituto Olga Kos comemora Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência com atividades esportivas, culturais e discussão sobre o tema

Os eventos serão realizados de 21 a 26 de setembro com transmissão online e gratuita

No próximo dia 21 de setembro o Instituto Olga Kos (IOK) que atende em São Paulo cerca de 3 mil crianças, adolescentes e adultos com deficiência intelectual por meio de projetos artísticos e esportivos, além de pessoas sem deficiência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social, inicia uma série de atividades esportivas, culturais e fórum para marcar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

Devido a importância da data, o IOK organizou uma semana inteira de ações. No dia 21, a abertura será realizada pelo canal da organização no Youtube, com vídeo informativo sobre a conceituação da data curiosidades e mitos sobre a pessoa com deficiência.

Já no dia 22, práticas de Karatê serão transmitidas ao vivo pelo Instagram. No dia 23, os interessados podem participar do Fórum Virtual IOK que vai discutir “Pandemia e inclusão social” – Como administrar o tempo da pessoa com deficiência intelectual? Profissionais e famílias abordarão a autonomia dentro da própria casa, cuidados, rotinas.

E tem mais movimento. No dia 24 será transmitido também pelo Instagram atividades de condicionamento físico para a preparação da corrida que acontecerá com os beneficiários no dia 25, a Caminhada Web. Os interessados vestirão literalmente a camiseta da organização para realizar uma corrida, caminhada dentro da própria casa, academia, bairro, parque.

Para finalizar, no dia 26, será disponibilizado no Youtube conteúdo com profissionais da equipe multidisciplinar que abordarão a importância da participação da sociedade, trabalho na formação e educação de pessoas com deficiência.

“O Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência é uma data que marca a reivindicação de direitos, em prol da inclusão social. Desde a instituição da data, ainda em 1982, muitos avanços foram realizados, porém a falta de acesso a serviços ainda são barreiras que precisam se ultrapassadas. O IOK atua neste sentido, em promover esporte, cultura e informação a este público”, afirma Olga Kos, vice-presidente.

Para acompanhar, acesse www.institutoolgakos.com.br e os canais da organização nas redes sociais @institutoolgakos.

Sobre o Instituto Olga Kos

Fundado em 2007, em São Paulo-SP, o IOK atende cerca de 3 mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual. Por meio de práticas esportivas, como karatê e taekwondo, e de oficinas de artes, o instituto estimula o desenvolvimento motor, melhora a qualidade de vida e amplia os canais de comunicação e expressão de pessoas com deficiência. Parte das vagas dos projetos é destinada a pessoas sem deficiência que se encontram em situação de vulnerabilidade social e residem em regiões próximas aos 40 locais onde as oficinas são realizadas na capital paulista. Dessa forma, possibilita maior interação entre pessoas com e sem deficiência. (www.institutoolgakos.org.br) @institutoolgakos   

Deixe uma resposta