Estação Itapevi da CPTM recebe ação contra tuberculose nesta sexta-feira

A área livre da Estação Itapevi recebe nesta sexta-feira (18) uma ação de combate à tuberculose. Das 15h às 19h as pessoas que passarem pelo local, poderão tirar dúvidas sobre a doença. Além disso, haverá uma busca ativa, ou seja, os profissionais envolvidos na ação estarão atentos para identificar possíveis pacientes com este quadro clínico, para que seja realizado o encaminhamento à UBS mais próxima a fim de realização de exames padrão de diagnóstico. Durante a ação, ocorrerá a distribuição de panfletos com dados sobre a doença, orientação e esclarecimento de dúvidas sobre o tema.

Sobre a tuberculose:

A tuberculose é uma doença infecciosa transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, mas pode acometer outros órgãos e/ou sistemas. É causada pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch e é uma das enfermidades mais antigas da humanidade.

Cerca de 10 milhões de pessoas adoecem anualmente por tuberculose no mundo, destas mais de um milhão vêm a óbito. A transmissão se dá pelo ar, pode ser por meio da fala, da tosse e do espirro. A cada ano no Brasil são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da doença. A forma pulmonar, além de ser mais frequente, é também a mais relevante para saúde pública, principalmente a forma positiva a baciloscopia; pois é a principal responsável pela cadeia de transmissão.

O principal sintoma da tuberculose pulmonar é a tosse na forma seca ou produtiva. Por isso, recomenda-se que todo sintomático respiratório, que é a pessoa com tosse por três semanas ou mais, seja investigado para tuberculose. Há outros sinais e sintomas que podem estar presentes como: febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento, cansaço e/ou fadiga.

Para o diagnóstico da tuberculose são utilizados os seguintes exames:  baciloscopia, teste rápido molecular para tuberculose, cultura para micobactéria, radiografia de tórax.

O tratamento da tuberculose dura no mínimo seis meses, é gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), devendo ser realizado, preferencialmente, em regime de Tratamento Diretamente Observado (TDO). A tuberculose tem cura e deve ser confirmada por meio de exames. Para obter a cura a pessoa com tuberculose deve realizar o tratamento até o final sem interrupção.

A prevenção se dá pela administração da vacina BCG (bacilo Calmette-Guérin), ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS), protege crianças das formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a tuberculose meníngea. A vacina está disponível nas salas de vacinação das unidades básicas de saúde e maternidades. Essa vacina deve ser dada às crianças ao nascer, ou, no máximo, até os quatro anos, 11 meses e 29 dias.

Ações de Saúde e Bem-estar

A iniciativa é realizada com o apoio da CPTM, que abre espaços em suas estações para a realização de atividades ligadas a promoção da saúde e bem-estar dos passageiros, incentivo à leitura, mostras artísticas, exposições, apresentações e manifestações culturais de artistas e instituições parceiras. 

Serviço:

Ação contra tuberculose

Local: Estação Itapevi (Linha 8-Diamante)

Data: sexta-feira (18)

Horário: das 15h às 19h

Deixe uma resposta