Moradores em situação de rua são envenenados e morrem em Itapevi

O prefeito de Itapevi, Igor Soares, usou as redes sociais para informar a população que foram distribuídos alimentos contaminados em Itapevi e que dois possíveis moradores de rua faleceram por envenenamento. Além destes, uma criança e uma adolescente, que moram em residência com a família, tiveram acesso à refeição, passaram mal e estão internadas.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil que buscará todos envolvidos.

Em nota a Prefeitura de Itapevi informou que mantém convênio com uma entidade para receber os moradores de rua, mas nem todos desejam ir para lá e os assistentes sociais não podem obrigá-los a ir.

Além disso durante o período de pandemia o Ginásio do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) está sendo usado como abrigo. Lá, moradores em situação de rua recebem café da manhã, almoço e janta, além de terem espaços para banho e dormir, com respeito e dignidade.

“As informações preliminares que recebi são que as duas crianças internadas estão sendo acompanhadas pelos familiares. E os dois senhores que faleceram já foram abordados por assistentes sociais da Prefeitura, mas não aceitaram ir para o abrigo. Um cachorro também se alimentou e morreu”, publicou Igor Soares em suas redes sociais.

A Prefeitura informou que contribuirá com a Polícia Civil nas investigações para que os criminosos sejam localizados e punidos.

Deixe uma resposta