Secretário de saúde do Estado de SP defende suspensão de aulas presenciais

O secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse a CBN que é favorável à suspensão das aulas presenciais nas escolas diante do agravamento da pandemia de covid-19. Para o secretário manter as aulas presenciais implica em uma série de deslocamentos fora dos colégios que contribuem com a propagação do vírus.

Gorinchteyn admite que muitos estados chegaram a uma situação limite, mas não concorda com a adoção de lockdown. Segundo ele “São Paulo tem condições de garantir as internações e controlar a pandemia sem o fechamento total dos serviços. Claro que precisamos de medidas mais restritivas. Mas o Plano São Paulo pode adaptar as restrições”, disse o secretário.

O secretário disse que apesar de restrições serem necessárias, entende que o Brasil não tem a capacidade de fazer um lockdown. “Temos que fazer restrições sim, muito mais robustas e enérgicas, mas não temos capacidade de fazer lockdown no Brasil. As pessoas vão morrer de fome. Vamos ter um problema civil, social”, completou Gorinchteyn.

2 thoughts on “Secretário de saúde do Estado de SP defende suspensão de aulas presenciais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *