Vôlei Osasco bate São José dos Pinhais na volta de Luizomar

Recuperado de Covid-19, treinador acompanhou a partida do banco e vibrou com a vitória de sua equipe em partida adiada da quarta rodada da Superliga 20/21

Osasco São Cristóvão Saúde derrotou o São José dos Pinhais por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/18 e 25/16, em 1h36min, na noite desta segunda-feira (15), no ginásio José Liberatti, em partida válida pela quarta rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 20/21, adiada em função do surto de Covid-19 sofrido pela equipe osasquense no início do ano. O reforço do time foi a volta de Luizomar. Recuperado do coronavírus, o treinador acompanhou a partida no banco, enquanto o time ainda foi dirigido pelo assistente Jefferson Arosti.

Segunda maior pontuadora de Osasco na partida, com 12 acertos (a principal foi Mayany, com 13), Bia foi eleita a MVP em votação nas redes sociais do clube e também ganhou o troféu VivaVôlei. “Estamos com saudades da torcida. Esse ginásio está chato sem o barulho e a energia dos nossos torcedores. Mas tenho certeza que tudo isso vai passar e logo estarão todos de volta. Enquanto isso, quero agradecer a energia de todos mesmo de casa e dizer que vamos em frente. Sexta-feira tem mais, contra o Praia Clube, e vamos trabalhar para repetir a boa atuação do jogo de hoje e buscar mais uma vitória”, disse a central. O bloqueio foi um dos pontos fortes do time, responsável por 17 pontos.

O jogo – Com uma sequência de cinco saques consecutivos, Roberta ajudou Osasco a abrir vantagem sobre São José dos Pinhais (7/2). Mayany, em uma bola rápida pelo meio, fez 15/11. Quando o adversário encostou (17/16), Arosti pediu tempo. Nesse momento, uma forte chuva de granizo provocou a paralisação da partida. No retorno, as visitantes empataram no 18/18. Um bloqueio de Roberta recolocou as osasquenses na frente (20/18). Bia marcou dois pontos seguidos (22/19). O set point veio com um duplo de Mayany e Tainara. Roberta voltou a fazer a diferença no serviço e, com um ace, fechou em 25/21.

Novamente com uma boa sequência de saques, desta vez com Tandara, Osasco marcou seis pontos seguidos e fez 9/4 no início do segundo set. Novamente a oposta, desta vez na pipe, levou a vantagem para seis pontos (12/6). Assim como na parcial inicial, São José dos Pinhais encostou (15/12) e Arosti parou o jogo para orientar o time. As donas da casa conseguiram manter a ponta com uma diferença média de três pontos e voltaram a abrir no final. Roberta, de segunda, fez 21/17. Mayany, no bloqueio marcou o set point (24/17) e a vitória por 25/18 veio com um erro do adversário. Destaque para os nove pontos de bloqueio e pela atuação ofensiva de Bia, com 11 acertos até o segundo set.

Osasco voltou para o terceiro set disposto a fechar a partir em 3 sets a 0. Tainara atacou na paralela para fazer 12/7. Na sequência, Mayany marcou seu sétimo ponto de bloqueio no 13/7. A diferença subiu para sete pontos com Tandara, após bom levantamento de Camila Brait (14/7). Com dois pontos seguidos de Gabi na base do paredão, as osasquenses chegaram ao 19/12. Bia, no simples, fez 21/13. Na parcial mais tranquila da partida, Osasco fechou com dois pontos de Mayany: 25/16.

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (5), Tandara (10), Tainara (10), Gabi Cândido (3), Mayany (13), Bia (12) e a líbero Camila Brait. Técnico: Jefferson Arosti. Entrou: Kika.

Jogaram e marcaram para o São José dos Pinhais/AIEL: Maria Alejandra, Larissa (11), Letícia Scherer, Carla (14), Gabi (5), Letícia Bonardi (2) e a líbero Júlia. Técnico: Durval Nunes. Entraram: Bia (1), Talia (4), Dani Suco (2), Jéssica, Natalia (1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *