Barueri comemora Carnaval com Desfile Virtual

O Carnaval é uma das festas mais populares do mundo e celebrada em diversos países. No Brasil os festejos duram cerca de um mês incluindo as apresentações de bloquinhos e encerrando com os tradicionais desfiles das escolas de samba, que são realizados na data oficial do evento.

Este ano, por conta da pandemia, não haverá desfiles e para promover um momento de descontração neste período de isolamento, a Liga das Escolas de Samba de Barueri, em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo, resolveu fazer um desfile virtual. Será o primeiro carnaval on-line de Barueri e haverá a participação de três escolas de samba que farão parte da gravação: Cadência Paulista, Oba-Oba e Ganga.

Além da redução do número de participantes, durante a gravação os componentes das escolas de samba seguirão o protocolo de segurança, mantendo o distanciamento e usando máscara e álcool em gel.

Cada escola contará com um mestre-sala e uma porta-bandeira, um presidente e um diretor, além de dois intérpretes e dois músicos tocando instrumentos de cordas (violão e cavaquinho). Haverá ainda 11 ritmistas e um mestre de bateria. A rainha da bateria irá encantar o público com seu charme e o desfile contará com a participação de passistas de quatro escolas.

A apresentação será transmitida no dia 14 de fevereiro às 18h pelas mídias digitais da Prefeitura de Barueri e da Secretaria de Cultura e Turismo e terá a duração de 20 minutos para cada escola. O samba enredo das escolas será o mesmo do ano passado, além de trechos de outras edições. O cantor Thiago Nascimento será o apresentador do evento – ele é o intérprete oficial da escola Cadência Paulista.

Júlio César, presidente da escola de Samba Cadência Paulista e coordenador de infraestrutura da LIESB, destacou a participação no desfile. “Agradecemos essa oportunidade oferecida pela Prefeitura de Barueri, através da Secretaria de Cultura. É gratificante poder entrar na casa das pessoas e levar a arte, principalmente num momento tão difícil. Quem gosta de samba não pode perder”, convida.

O secretário de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, ressaltou a importância do evento. “A cultura do samba não pode parar. Apesar de vivermos um momento em que os eventos culturais foram cancelados ou adiados, encontramos uma forma de prestigiar o desfile das Escolas de Samba oferecendo a estrutura. Sei o quanto é importante para cada integrante, eles passam o ano organizando, produzindo e ensaiando a apresentação carnavalesca. Tenho esperança de que no próximo ano a festa será presencial e o contágio será de alegria”, disse o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *